Sua dieta, sua saúde

Aprenda as conexões entre sua dieta – o que você come – e sua saúde; e como você pode melhorar sua saúde fazendo escolhas alimentares mais sábias.

Alimentos Saudáveis, Dietas, Nutrição, Saúde

Você é o que você come

O ditado “Você é o que você come” reflete como nossa saúde depende de nossa alimentação

Todos nós já ouvimos o velho ditado “você é o que você come”. E ele ainda é verdadeiro. Se você se mantém em uma dieta saudável, cheia de vitaminas e minerais, seu corpo reflete isso. Você se sente saudável, energizado e bem em geral. No entanto, pessoas que comem apenas junk food ou que fazem dietas extremas de redução de calorias irão, com certeza, sofrer as consequências de não fornecer a seus corpos o que eles precisam para prosperar. O resultado é não apenas fadiga e baixos níveis de energia, como uma má saúde também. Compreender essa clara conexão entre sua saúde e sua dieta pode ajudá-lo a fazer escolhas dietéticas mais sábias!

Sua dieta e sua saúde: do que o corpo precisa

Comida é essencial. As pessoas não a valorizam, mas nós precisamos de seus nutrientes para viver. Um exemplo dramático e que, ainda bem, não acontece mais, é o dos navegadores da época dos descobrimentos. Eles atravessavam os oceanos por meses sem alimentação apropriada, principalmente frutas e legumes frescos. Por isso eles acabavam vítimas do escorbuto, uma doença decorrente da falta de vitamina C. Vitamina C e outros nutrientes são necessários para manter todas as partes do corpo funcionando bem – do contrário, ficamos doentes.

Cada coisa que você faz apenas acontece por causa dos nutrientes que você fornece ao seu corpo. Os alimentos são o combustível para pensar e a energia para mover nossos músculos. Os micronutrientes, vitaminas e minerais estão lá para que nossos corpos possam funcionar. Você precisa de comida não apenas para manter sua saúde, mas para se sentir melhor.

A única forma do corpo obter os nutrientes de que necessita para ser saudável é através de uma alimentação variada e balanceada.

Sua dieta e sua saúde: as orientações

A pirâmide alimentar e as recomendações diárias de ingestão de nutrientes foram estabelecidas após extensas pesquisas e continuam a ser atualizadas (veja o artigo 4 novas regras para uma alimentação saudável). Seu objetivo é fazer com que as pessoas compreendam todos os diferentes nutrientes de que seus corpos necessitam.

A comida deixou de ser uma simples necessidade para ser a chave da boa saúde e longevidade. As pesquisas mostram que uma correta alimentação otimiza a saúde, e que obter a quantidade certa de vitaminas e minerais diminui os riscos de doenças, como as doenças cardiovasculares, o diabetes, o câncer, etc.

Sua dieta e sua saúde: dieta pobre, saúde ruim

Muitos alimentos possuem um impacto enorme na saúde do nosso coração. As pesquisas mostram que uma dieta rica em frutas, legumes e grãos integrais, e com baixo teor de grduras saturadas auxiliam na proteção do corpo contra doenças do coração e pressão alta. O contrário disso, ou seja, uma dieta rica em gorduras trans e saturadas, sem a quantidade necessária de frutas e legumes pode ajudar a piorar ou mesmo a causar essas doenças.

Até mesmo pequenas deficiências dietéticas podem ter um impacto negativo enorme em nossa saúde. A deficiência nutricional mais comum é a deficiência de ferro, que gera a anemia. Mulheres em perído menstrual precisam de bastante ferro para compensar aquele que está sendo perdido, e é também um nutriente essencial para crianças e adolescentes, pois auxilia no desenvolvimento do sistema nervoso.

Outro exemplo é o cálcio, do qual precisamos para manter nossos ossos fortes e saudáveis. Sem ele, o corpo desenvolve osteoporose, uma condição caracterizada por ossos fracos e quebradiços.

Comer uma dieta variada e balanceada terá impactos duradouros e positivos sobre sua saúde. Lembre-se que nosso corpo usa tudo que fornecemos a ele e que aquilo que comemos determina como os nutrientes serão usados: para boa ou má saúde.

Por isso que fazer uma dieta para emagrecer, sem pensar nas vitaminas, minerais e demais nutrientes de que o corpo precisa, é prejudicial tanto para sua saúde quanto para sua meta. Se você quer emagrecer e faz uma dieta extrema para perder peso, você vai perdê-lo: mas ele voltará muito rápido e provavelmente você ganhará mais quilos do que perdeu. A melhor estratégia para emagrecer – na verdade, a única para perder peso e manter o peso perdido – é fazer uma dieta balanceada, cheia de frutas, legumes e verduras, e comer refeições pouco calóricas de 3 em 3 horas. Assim você acelera o metabolismo, pois quanto mais tempo você passa sem comer, mais seu metabolismo tem que desacelerar para não queimar toda a energia. Desse modo, comer refeições e lanches leves, balanceados e nutritivos será bom para sua saúde e também para sua silhueta!

Por Paula nas categorias Alimentos Saudáveis, Dietas, Nutrição, Saúde. Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Você vai gostar

Dieta do Shake: perca 2 kg em 10 dias (parte 2)

Dieta do Shake: perca 2 kg em 10 dias (parte 1)

4 Novas Regras para uma Alimentação Saudável

Comentários (1)

  • Noémia disse em 09/02/2012 às 10:30:

    Com estas dicas aprendi muito, pois, fica muito tempo sem comer não sabia que ere prejudicial a saúde.
    Seguirei o vosso conselho.