Dieta Macrobiótica

Conheça a dieta que busca um equilíbrio entre corpo e mente. A Dieta Macrobiótica baseia-se nos princípios de complementariedade do yin-yang.

Dietas

A Dieta Macrobiótica é um modo de vida e não necessariamente um conjunto de alimentos distribuídos em um cardápio.
Ela foi criada pelo japonês George Ohsawa, e chegou ao Brasil no final dos anos 60.
A Dieta Macrobiótica, do grego makros (grande) e bio (vida) está diretamente relacionada aos conceitos de taoismo e yin-yang e busca a plenitude da vida com o equilíbrio alcançado na conjunção perfeita dos elementos e alimentos.

Taoismo e Yin-Yang

O conceito básico do taoismo, yin-yang, é o pilar desta dieta.

A base da Dieta Macrobiótica está na dialética presente no yin-yang e seu equilíbrio. O termo yin-yang significa a dualidade presente no cosmos. Duas forças que se complementam. O yin é o feminino, o yang o masculino; o escuro, o claro; o preto, o branco; o passivo, o ativo.

Esta ideia de complementariedade e equilíbrio é um dos principais pilares do taoismo que é uma filosofia chinesa que prega, sobretudo, o contato com a natureza em todos os sentidos, pois o ser humano é uma parte do todo.

A Dieta

A Dieta Macrobiótica apropriou-se destes conceitos de equilíbrio, interdependência e da dinâmica da dialética e busca fazer com que as pessoas encontrem o bem estar e a plenitude a partir da combinação do que comem.

Os alimentos são classificados em yin e yang e devem ser consumidos em harmônia. Alimentar-se exclusivamente de um causaria descompasso na vida da pessoa.

Os alimentos yin dão à pessoa que o alimenta característica mais passiva, e se não houver equilíbrio pode acarretar o abatimento e até a depressão. Os alimentos yang dão mais agressividade e ansiedade e também não devem ser alimentados sem a complementariedade dos alimentos yin. Assim, o equilíbrio é a melhor opção.

Os alimentos que estão na linha de equilíbrio basicamente seguem o critério de serem o mais naturais possíveis, evitando os alimentos industrializados e muito processados. Neste ponto, os alimentos integrais são os carros chefes, acompanhados pelas frutas e vegetais.

Proteínas são praticamente banidas do cardápio, então carnes e laticínios são proibidos, assim como açúcar, produtos industrializados e álcool. Os alimentos mantidos são: peixes, grãos, e vegetais em geral.

Com tantas restrições, esta se torna uma dieta difícil de seguir pois requer mudança de hábitos e uma reeducação alimentar e de estilo de vida. O objetivo não é emagrecimento e sim qualidade de vida, e como as escolhas e quantidades de alimentos ingeridos podem variar, a perda de peso não pode ser garantida.

 

Por Vânia nas categorias Dietas. Tags: , , ,

Você vai gostar

Cardápio: Perca 5kg em Duas Semanas!

A Dieta da Bactéria

Dieta do Tipo Sanguíneo: Tipo O