Como Montar uma Marmita Saudável e Barata

Preparar as refeições em casa é ótimo para quem está de dieta ou quer seguir uma alimentação mais balanceada. Assim você consegue controlar o sal, a quantidade de gordura e os ingredientes usados.

Nutrição

A marmita já foi vista com certo preconceito há algum tempo. Por isso, os restaurantes self-service se tornaram tão populares aqui no Brasil. Recentemente, no entanto, a má imagem da marmita vem sendo revista. Afinal, uma comidinha caseira feita com todo o cuidado é muito melhor do o que comemos fora de casa.

Além disso, a marmita é ótima para ajudar na alimentação saudável. Quando preparamos a comida que vamos comer no trabalho, fica mais fácil controlar o sal, a quantidade de gordura e os ingredientes utilizados.

Outra grande vantagem é que você foge das tentações comuns nos restaurantes self-service, como lasanhas, batatinhas fritas e o bufê de doces.

Por tudo isso, vale a pena preparar a marmita em casa todos os dias. O ideal é escolher sempre opções mais saudáveis e leves. Também é legal pensar em como a comida ficará armazenada no seu ambiente de trabalho, porque alguns alimentos se perdem mais facilmente.

Veja como preparar uma marmita saudável

Veja como preparar uma marmita saudável

Preparando a Marmita em Casa

Em vez de levar todos os alimentos num mesmo recipiente, é mais interessante usar uma marmita com repartições. A salada deve ser guardada em um potinho separado para não murchar com o calor e se manter sempre fresquinha.

Com relação à escolha dos alimentos, a dica é combinar arroz e feijão (ou outras leguminosas) com uma porção de carne, salada de folhas e legumes cozidos.

O arroz deve ser integral para acrescentar fibras ao prato. Ele é ótimo para a dieta e ainda dá aquela sensação maior de saciedade. A combinação de arroz com feijão pode estar presente na marmita todos os dias ou pelo menos 3 vezes por semana.

As carnes brancas, como peixe e frango devem ser mais frequentes na sua marmita que as carnes vermelhas. Prefira prepará-las sem muito óleo para não ficar pesado e gorduroso. Carnes assadas ou grelhadas são as mais indicadas.

Sugestão de Cardápio Para a Semana

Segunda:

  • salada de alface, tomate e cenoura ralada
  • brócolis refogado
  • arroz integral
  • feijão preto
  • 1 peito de frango grelhado

Terça:

  • salada de alface, rúcula e tomate
  • chuchu no vapor
  • batata sauté
  • arroz integral
  • 1 pedaço de filé de peixe assado no forno

Quarta:

  • salada de alface, rúcula, agrião, tomate, cenoura, pepino e palmito
  • arroz integral sete cereais
  • feijão
  • frango xadrez (com pimentão, brócolis, couve flor e cebola)

Quinta:

  • salada de alface, tomate e cenoura picada
  • arroz integral
  • lentilha
  • abobrinha recheada com carne moída

Sexta:

  • salada de alface, rúcula, tomate, pepino e palmito
  • cenoura no vapor
  • arroz integral sete cereais
  • omelete (recheada com queijo branco e peito de peru)

Por Mila Silva nas categorias Nutrição. Tags: , , , , ,

Você vai gostar

Alimentos Que Ajudam a Emagrecer

Arroz Integral

Bebida Láctea não é Iogurte: Receita fácil de Iogurte Natural