Tive hérnia de Disco: Posso voltar a correr?

É possível correr após ter hérnia de disco? Descubra quais os sintomas da hérnia discal, o tratamento e como voltar a correr e praticar exercícios depois deste problema na coluna.

Saúde

Para um atleta, mesmo que de final de semana, receber o diagnóstico de um problema na coluna não é uma boa notícia, e geram muitas dúvidas.

Muitos atletas começam sentindo dores na coluna, ou somente nas pernas, na região das coxas e glúteos e pensam até que sejam uma distensão muscular. Começam achando que não passa de um estiramento e que logo vai passar. Mas a dor continua. Ao procurar um médico, o diagnóstico de hérnia de disco é dado, é como se o chão tivesse sumido. Várias dúvidas passam pela cabeça do atleta, e a principal delas é: posso voltar a praticar corridas?

O que é Hérnia Discal?

Para entender a hérnia, ou protusão discal, é preciso compreender como é formada a coluna vertebral, também chamada de espinha dorsal. No meio das costas tem uma sequência de 33 vértebras empilhadas umas sobre as outras, por onde passam a medula espinhal ou nervosa. Estas vértebras são ligadas por discos invertebrais, que são uma espécie de sistema de amortecimento de impactos e choques, ao mesmo tempo em possibilita a postura e flexibilidade (fixa e móvel ao mesmo tempo) da coluna.

Hérnia de Disco

Hérnia de Disco

Estes discos são cilíndricos e tem duas camadas, uma mais gelatinosa na parte interna (núcleo pulposo) e uma anel fibroso na região mais externa.

Com o desgaste, os discos se deslocam e passam a comprimir as raízes nervosas da coluna. Como sintoma e consequência aparece a dor ciática. As dores podem ser na coluna, dor nos braços, dor nas pernas, coxas, perda de sensibilidade, formigamentos, perda de força muscular.

O diagnóstico é feito por exame físico e tomografia computadorizada ou ressonância magnética, o exame de raio x, em geral, não diagnostica a hérnia.

O tratamento na maioria das vezes é conservador, ou seja feito com acompanhamento médico de um neurologista ou um fisiatra e a reabilitação física fica por conta de sessões de fisioterapia e acupuntura. Um ortopedista não é o médico indicado para estes casos.

O uso de remédios anti-inflamatórios e remédios para tirar a dor é muito importante nesta fase.

Outras medidas são tomadas para aliviar as dores aguda neste inícios como uso de compressas de gelo, uso de coletes e cintas para dar suporte à coluna. A prática de esportes deve ser suspensa temporariamente.

Em casos mais graves talvez haja a necessidade de intervenção cirúrgica. Neste caso, a cirurgia é feita por um neurocirurgião.

Não é regra, mas normalmente, os casos de hérnia de disco na coluna lombar demandam menos cirurgias que os casos de hérnia de disco na coluna cervical.

Voltar aos Treinos

As causas que levaram a pessoa a ter uma hérnia de disco variam, e essas condições influenciam no tratamento e recuperação do paciente.

Exercícios de muito impacto, como a corrida não são amigos das articulações, assim como o carregamento de pesos que deve ser feito com muita técnica para que não haja uma sobrecarga na coluna.

Posso correr após Hérnia de Disco

Posso correr após Hérnia de Disco

No entanto, atualmente sabe-se que ao ser diagnosticado com hérnia de disco, o paciente não deve se manter em repouso absoluto, pois isso poderia acarretar em encurtamento, uma retração tendínea, ou seja, perder os movimentos por falta de praticá-los. Desta forma é aconselhado que o paciente em tratamento de hérnia de disco faça repouso, mas não absoluto, e que procure fazer alguns exercícios leves, e caminhadas, mesmo que necessite do auxílio de medicação para a dor.

Com o tratamento fisioterapêutico, em torno de um mês há a remissão total da dor e o paciente pode voltar às suas atividades diárias normais. Porém, o desaparecimento da dor não significa uma recuperação total do problema. Os cuidados devem se estender por cerca de 4 a 6 meses.

O tratamento feito com técnicas Mackenzie, RPG e quiropraxia são indicados também. O importante é trabalhar os músculos de sustentação e estabilização da coluna, como o músculo transverso abdominal que fica localizado bem atrás da região do umbigo, e os músculos oblíquos.

Uma ótima alternativa é a prática de Pilates que tem o preço mais acessível que as demais técnicas.

Em casos de recuperação pós cirúrgicas esse prazo pode ser estendido.

Para uma perfeita recuperação e para que a prática esportiva possa ser retomada é importante tratar dos outros conjuntos de músculos, como os glúteos, os isquiotibiais, quadricípedes e outros.

Dependo da compressão das raízes nervosas é que será avaliado se a pessoa poderá voltar ou não a praticar esportes, e aos esportes indicados para cada pessoa.

Os treinos de corrida devem ser retomados aos poucos, com treinos mais leves.

A prática de bons hábitos posturais é muito importante para a manutenção da saúde para prevenir novas lesões.

Em geral o tratamento da hérnia de disco não é impeditivo para a retomada da prática de corrida, mas esta avaliação deve ser feita por um médico. Os casos de bico de papagaio (osteofitose), onde ocorrem a calcificação das articulações da coluna, que normalmente são considerados impeditivo para retorno às corridas.

Por Receitas e Dietas nas categorias Saúde. Tags: , , , , ,

Você vai gostar

Comece a Correr! Conheça as Dicas para Iniciantes

10 Alimentos que Previnem o Envelhecimento

Conheça 5 Alimentos para uma Pele Bonita