Fitoterápicos, os remédios naturais

Saiba mais sobre os fitoterápicos, estas droga vegetais largamente utilizado na medicina natural. Conheça as principais ervas e algumas de suas aplicações.

Saúde

A fitoterapia é o estudo das plantas como sendo usadas para a cura. O próprio nome diz isso, pois mistura as palavras gregas phyton que quer dizer vegetal com therapeia cujo significado é tratamento, ou seja, tratamento pelas plantas. Quando utilizamos um medicamento fitoterápico, estamos empregando matéria prima vegetal, cuja eficácia é conhecida (cientificamente ou não) de forma tirar proveito de suas características benéficas ao nosso organismo.

ANVISA

ANVISA

Muitas das vezes, a fitoterapia é assimilada à medicina alternativa ou a receitas naturais. Mas os remédios de ordem fitoterápica podem ser também produzidos industrialmente. O importante é que o ativo seja exclusivamente extraído de uma planta, seja esta droga advinda do extrato, tintura, óleo, cera, exsudato, suco etc. Prova disso é a recente regulamentação pela ANVISA dos medicamentos fitoterápicos (Saiba mais no site da própria ANVISA).

Quais são as plantas consideradas fitoterápicas

A lista de plantas medicinais é enorme. Citar uma a uma seria deixar o artigo imenso. Portanto, citaremos apenas as principais e mais conhecidas dentre as 66 ervas que foram regulamentadas pela ANVISA. Para saber mais sobre fitoterápicos recomendamos este blog com Receitas Naturais. Além de conhecer um pouquinho de cada erva, também é possível obter receitas de todos os tipos utilizando o principio ativo das plantas.

  • Alho (Allium sativum) – excelente fungicida, bactericida, anti virótico etc.
  • Anis, Erva doce (Pimpinela anisum) – para casos de constipações, gases e também como calmante e expectorante.
  • Arnica (Arnica montana) – auxilia em casos de hematomas, lesões, reumatismo e outros.
  • Boldo do chile (Peumus boldus) – um dos remédios naturais mais conhecidos para má digestão
  • Camomila (Matricaria recutita) – muitas das vezes, a camomila é usada para tratamentos de beleza, mas também é calmante, adstringente entre outros
  • Capim santo, Capim limão, Capim cidreira, Cidreira (Cymbopogon citratus) – um bom calmante suave para insônia
  • Carqueja (Baccharis trimera) – tem se mostrado bem eficaz em casos de diabetes
  • Erva cidreira, Falsa melissa (Lippia alba) – várias aplicações, desde expectorante, dores de cabeça, calmante etc
  • Eucalipto (Eucalyptus globulus) – melhor conhecido por suas propriedades medicinais relacionadas a problemas respiratórios
  • Gengibre (Zingiber officinale) – além de afrodsíaca, é ótimo para tosse, sinusite, enxaqueca dentre outros
  • Hortelã pimenta (Mentha x piperita) – saboroso e auxilia na digestão
  • Maracujá (Passiflora incarnata) – não precisa dizer que é um excelente calmante
  • Melissa, Erva cidreira (Melissa officinalis) – dor de cabeça, gases e calmante
  • Quebra pedra (Phyllanthus niruri) – para pedra nos rins, cálculo renal

Por Receitas e Dietas nas categorias Saúde. Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

Você vai gostar

5 Receitas Fáceis de Suco Desintoxicante

Temperando com Ervas

Vinho e Alho para Emagrecer

Comentários (1)

  • laura disse em 16/03/2012 às 09:49:

    é ótimo fitoterápicos,os remedío naturais as vezes preciso até fazer remédio para calmante .e quero saber um remédio para labirititi ok……