Como Evitar os Falsos Alimentos Orgânicos?

A matéria exibida no Fantástico sobre os falsos alimentos orgânicos deixou muita gente em alerta. Afinal, é mais arriscado comprar produtos ditos orgânicos?

Saúde

Os alimentos orgânicos foram se tornando cada vez mais comuns. Em busca de uma vida mais saudável, muitas pessoas preferem pagar um pouco a mais por produtos que não contenham um alto teor de agrotóxicos e outras substâncias nocivas. Afinal, vários estudos mostram que o Brasil é recorde no uso de químicos na agricultura. À longo prazo, o consumo dessas substâncias pode trazer vários problemas de saúde.

Desde que me mudei para Florianópolis, descobri o vasto mundo dos alimentos mais naturais. Por aqui as lojas especializadas em grãos, cereais e outros produtos semelhantes é impressionante. Além disso, os supermercados maiores oferecem várias opções de vegetais e outros alimentos orgânicos. No centro da cidade, no terminal de ônibus, ocorre todos os sábados uma feira de orgânicos. E para mim, o melhor de tudo é a Feira Orgânica Delivery, que faz entregas em casa de forma muito eficiente.

Com tanta oferta, acabei me rendendo aos orgânicos e fiquei bastante impressionada com a reportagem que foi exibida no Fantástico do último domingo falando do falsos orgânicos. Segundo a investigação feita pelos repórteres do programa global, existem vários problemas em relação à venda de orgânicos. Como não há um fiscalização eficaz, é comum o comércio de produtos com agrotóxico mais caros sob o falso nome de “orgânico”

E como a gente pode se prevenir desse tipo de golpe sem prejudicar a saúde? Algumas dicas podem ajudar, mas o problema é complicado. Além de ficar de olho na procedência dos alimentos, precisamos também pressionar as autoridades para que a fiscalização seja mais rigorosa, assim como ocorre com outros produtos.

Alimentos orgânicos: fuja das falsificações

Alimentos orgânicos: fuja das falsificações

Certificado do Produto Orgânico

Os produtores orgânicos recebem um certificado. Assim, o ideal é sempre verificar que aquele vendedor compra de produtores certificados. Também é importante observar a validade do certificado, que precisa ser atualizada.

Selo de Orgânico

Os produtos que passaram por processamento devem receber o selo de orgânico. O selo fica impresso nas embalagens e mostra que aquele alimento respeita todas as exigências do Ministério da Saúde para a produção de orgânicos.

Converse com Outros Produtores

Como a fiscalização oficial é insuficiente, a auto fiscalização entre os produtores é muito comum. Aqueles que que estão realmente interessados em vender produtos de qualidade acabam denunciando os que fazem transações contrárias às normas. Por isso, uma dica é conversar com outros produtores e perguntar sobre as credenciais de quem está te vendendo.

Consulte o Cadastro Nacional de Produtores Orgânicos

O Ministério da Agricultura tem um lista com os produtores de orgânicos devidamente cadastrados. Acesse: http://www.agricultura.gov.br/desenvolvimento-sustentavel/organicos. A relação tem todos os produtores cadastrados. Basta fazer o download e procurar pelo seu fornecedor.

Por Mila Silva nas categorias Saúde. Tags: , , ,

Você vai gostar

Peixe Assado no Forno

10 Alimentos que Previnem o Envelhecimento

Conheça 5 Alimentos para uma Pele Bonita