Molho Pesto

Aprenda a preparar um delicioso molho pesto, e inove na cozinha! Além de gostoso e bonito ele é saudável e com poucas calorias para receitas light!

Receitas

O molho pesto é um molho que segundo a tradição, tem origem em Gênova na Itália. Para ser considerado tradicional e original, o molho requer muitos detalhes, como por exemplo que o manjericão, também chamado de basílico, deva ser de uma região específica chamada de Riviera Ligure, feito exclusivamente por folhas novas, o queijo deve ser o de cabra, tudo moído em um moedor de mármore!

Mas, podemos deixar para comer este delicioso molho pesto super tradicional quando fizermos uma viagem à Itália! Aqui no Brasil, para mim, o melhor manjericão é o que é colhido na minha horta, mas quando está em falta, o melhor é que encontro no mercado, e tudo certo!

O molho pesto é normalmente servido com uma massa, fettucine, espaguete ou até mesmo lasanha, mas ele acompanha o que você quiser e até no pão sírio para servir de entrada ele fica uma delícia. E há quem goste dele na carne ou peixe. Há a opção em usá-lo como tempero para saladas  também, e legumes cozidos como o brócolis.

Vamos então deixar de lado o molho pesto à genovese e falar do molho pesto brasileiro!

Ingredientes

Delicioso espaguete ao molho pesto!

  • 50 gramas de folhas de manjericão
  • 3 dentes de alho
  • 100 ml de azeite
  • 100 gramas de parmesão ralado
  • 30 gramas de castanha (a receita original fala de pinhão, mas é possível substituir por nozes, avelãs, amendoim, ou seja, alguma oleaginosa)

Modo de Fazer

Limpe as folhas de manjericão com um pano umedecido, isso mesmo, é bom que não se lave, apenas tirar as sujeirinhas, isso se ele for da sua horta, se for do mercado é bom que lave mesmo. Mas caso lave, espere elas secarem novamente para continuar a receita.

Bata os ingredientes, exceto o queijo no liquidificador, quando ficar homogêneo, adicione o queijo e bata novamente.

Está pronto. Guarde na geladeira em recipiente tampado e cubra com um pouco de azeite para não ressecar.

O molho pesto deve ser consumido frio.

Esta é uma receita simples, básica e barata. Mas como brasileiro é criativo, não faltam opções para incrementá-lo, há quem sugira colocar algumas folhas de rúcula junto, porém é importante lembrar que neste caso ele pode ficar mais amargo. O mesmo acontece com o espinafre.

A apresentação do molho pesto desta forma tradicional é uma opção de molho com baixas calorias, ideal para quem está de dieta e quer um prato light. Para quem não estiver de dieta e quiser deixar ele bem cremoso e fazer uma opção quente é só levar ao fogo com uma caixa de creme de leite.

Para quem gosta de harmonizar com vinho, a escolha de um branco é mais apropriada.

Por Vânia nas categorias Receitas. Tags: , , ,

Você vai gostar

Salada Caesar

Pesto de castanha de caju

Como Preparar Lanches Rápidos, Fáceis e Saudáveis