Sugestão de Cardápio Ortomolecular

A Dieta Ortomolecular se baseia no equilíbrio dos nutrientes, vitamina e sais minerais que comemos. Veja como adieta funciona e uma sugestão de cardápio para perder peso.

Dietas

A Dieta Ortomolecular é mais do que um simples cardápio para emagrecer. Trata-se, na verdade, de uma teoria bem complexa sobre o funcionamento do nosso organismo, que leva em consideração o equilíbrio entre os nutrientes que ingerimos diariamente.

Para os seguidores dessa dieta, a ingestão de vitaminas e sais minerais deve ser feita de modo balanceado, com base nas necessidades de cada indivíduo. Quando há carência ou excesso de algum nutriente, isso causa um desequilíbrio que pode prejudicar o corpo como um sistema e também interferir no peso.

Alimentação da Dieta Ortomolecular

O princípio básico da dieta ortomolecular é que todos os alimentos devem ser naturais e saudáveis. Isso significa que o cardápio possui frutas e verduras orgânicas, cereais integrais e carnes totalmente livres de hormônios e toxinas. A dieta prioriza:

  • massas feitas com farinha integral
  • vegetais cultivados sem agrotóxico
  • frango orgânico

Por outro lado, alguns alimentos ficam proibidos, como:

  • bebida alcoólica
  • leite de vaca
  • carne vermelha
  • produtos industrializados
  • adoçantes artificiais

Assim, você pode notar que essa não é uma dieta simples. Como os alimentos orgânicos custam mais, ela também pesa no bolso.

Dieta Ortomolecular

A Dieta Ortomolecular é composta de alimentos orgânicos e naturais

Cardápio da Dieta

Para uma boa dieta ortomolecular, o ideal é que um médico especializado faça uma série de exames para conhecer o organismo do paciente. As sugestões que mostraremos aqui são apenas referências, mas não atendem às necessidades de todas apessoas.

Café da Manhã

  • 1 fruta (pera, maçã, goiaba, figo)
  • 1 fatia de pão integral com grãos
  • 1 colher (sobremesa) de queijo cottage
  • 1/2 colher (sobremesa) de geleia de frutas orgânica
  • 1 xícara (chá) de chá verde (adoçado com mel ou estévia)

Ou

  • Shake feito com 1 copo de leite vegetal + 1 colher (sopa) de aveia + 1/2 mamão papaia + 1/2 banana + 1 colher (sobremesa) de mel puro

Lanche da Manhã

  • 1 copo de suco antioxidante  feito com  1 maçã + 2 cenouras + 1 talo de salsão +1 pedaço pequeno de gengibre + 1 copo de água

Almoço

  • 1 pedaço de frango orgânico assado com ervas
  • salada feita com folhas verde verde-escuras + azeite de oliva + limão + sal marinho

Ou

  • Salada feita com folhas verde-escuras (rúcula, agrião, escarola, couve ou almeirão)
  • legumes crus ralados (chuchu, abobrinha e abóbora) + molho feito com salsa e alecrim batidos com azeite de oliva, limão e shoyu
  • 3 colheres (sopa) de arroz integral
  • 2 colheres (sopa) de feijão
  • 3 colheres (sopa) de couve-flor

Lanche da Tarde

  • 1 fruta (maçã, pera, goiaba vermelha, caqui) + 10 amêndoas cruas ou castanhas-do-pará

Jantar

  • 1 filé grande de salmão grelhado
  • 3 colheres (sopa) de couve crua com azeite, limão e shoyu
  • 1 prato (sobremesa) de abóbora cozida com casca

Ou

  • 1 prato (raso) de espaguete ao pesto de manjericão
  • 1 prato (sobremesa) de legumes refogados
  • 1/2 banana da terra assada no forno com canela

Por Mila Silva nas categorias Dietas. Tags: , , ,

Você vai gostar

Dieta do Shake: perca 2 kg em 10 dias (parte 2)

Dieta do Shake: perca 2 kg em 10 dias (parte 1)

Sua dieta, sua saúde