Dieta Líquida

Conheça a Dieta Líquida e os cuidados a ter ao fazê-la. Esta dieta seca até 3 quilos em cinco dias mas não deve ser usada sempre como método para emagrecer.

Dietas

A Dieta Líquida, também chamada de dieta do suco é uma das dietas de emergência para quem precisa emagrecer muito rápido.

Como o próprio nome sugere, ela é basicamente uma dieta onde não se pode comer nada! Os alimentos são tomados ou bebidos por serem tudo em forma líquida. Como sopas, sucos, chás, cremes e shakes.

Com esta dieta é possível perder até 3 kg em 5 dias! A dieta líquida detox não deve incluir bebidas alcoólicas ou refrigerantes.

Como Funciona

Sopas prontas industrializadas devem ser evitadas por quem segue a Dieta Líquida devido ao seu baixo valor nutricional.

A ideia é ingerir apenas líquidos, mas que contenham todos os nutrientes necessários para uma boa saúde. As sopas por exemplo devem ter peixes e legumes. Fazer uma sopa de legumes com folhas verdes é primordial. Tomar bastante suco verde também é recomendado.

Esta dieta é para ser feita em casos de necessidade extrema e não pode ser rotina. Não pode durar mais que cinco dias, mas o ideal é que não passe de três dias. Os efeitos nocivos desta dieta podem ser maiores que os efeitos positivos.

Efeito Contrário

Como o organismo só recebe alimentos líquidos e pouco calóricos, a resposta é rápida, mas caso se estenda por um longo período o efeito pode ser o contrário e ao invés de emagrecer a pessoa pode engordar.

Além de deficiência de nutrientes, o corpo passa a acumular gordura como uma forma de se preparar para momentos de necessidade.

Ou seja, o acúmulo de gordura é uma defesa para o organismo que se vê em uma dieta muito restrita.

Os Riscos

O corpo humano foi feito para se alimentar pela boca, começando o processo de digestão pela mastigação. Quando uma pessoa está doente e está sob cuidados médicos e necessita tomar dieta líquida hospitalar por muito tempo, ou mesmo dieta por sonda, é comum depois ser necessário tratamento com fonoaudiologia para a reabilitação da função de mastigação.

Então, é importante entender que não é uma dieta que se deve fazer sempre. Esta dieta é normalmente recomendada para pessoas fazerem antes e depois de cirurgia bariátrica (redução do estômago).

O consumo de fibras também fica prejudicado com esta dieta, o que gera problemas intestinais, como a prisão de ventre.

Durante a dieta é recomendado não fazer nenhum tipo de exercícios físicos, pois sem o consumo de calorias suficientes o risco de fraqueza é grande.

A dieta líquida ainda tem o problema de não saciar a fome, e a vontade de comer, mastigar não passa e quando a pessoa resolver comer, vai acabar exagerando e passando dos limites.

Por isso o ideal é mesclar alimentos líquidos com sólidos e pastosos para que a dieta seja mais saudável.

Por Vânia nas categorias Dietas. Tags: , , , , , ,

Você vai gostar

Dieta de Emergência de 2 Dias

Dieta do Shake: perca 2 kg em 10 dias (parte 2)

Dieta do Shake: perca 2 kg em 10 dias (parte 1)