Dieta do HCG

O segredo da Dieta do HCG é a administração diária de doses do hormônio hCG. Além disso, é preciso seguir uma dieta bem restritiva com apenas 500 calorias. O cardápio emagrece até 10 quilos.

Dietas

O assunto de hoje é uma dieta criada há mais de 50 anos, mas que ainda segue sendo indicada por médicos e nutricionistas. Estamos falando da Dieta do HCG, elaborada pelo Dr. Albert T. W. Simeons em meados da década de 50. O cardápio surgiu como forma de auxiliar pessoas obesas a perderem peso para manter a saúde. Assim, o plano alimentar visa mais uma vida saudável que o emagrecimento meramente estético.

Além do cardápio com baixíssimo índice calórico, apenas 500 calorias por dia, a Dieta do HCG tem como segredo principal a utilização diária do hormônio HCG. A sigla se refere à expressão em inglês Human Chorionic Gonadotropin (Gonadotrofina Coriônica Humana).

Sobre o HCG

Se você está com a impressão de já ter ouvido falar desse hormônio, a razão mais provável são os exames de gravidez. Durante a gestação, a mulher aumenta muito a quantidade de HCG produzida, o que serve de indicativo para os testes de farmácia.

No organismo feminino, a principal função do hormônio é garantir a manutenção do corpo lúteo no ovário durante o primeiro trimestre de gestação. O HCG também contribui para a inibição da menstruação e, consequentemente, de novas ovulações.

Já nos homens, os altos níveis de HCG podem indicar o aparecimento do câncer de testículos, uma vez que alguns tipos de tumor aumentar a secreção do hormônio.

Diante dessas informações você deve estar se perguntando: mas, afinal, o que o HCG tem a ver com a dieta? De acordo com os estudos do Dr. Simeons, o hormônio ajuda a manter a energia do organismo mesmo com o cardápio pobre em calorias. Além disso, a substância favorece a eliminação de gorduras e manutenção da massa magra.

Por isso, o Protocolo HCG prescreve a administração diária de 125 IU de HCG. O uso do hormônio é feito por intermédio de injeção ou com aplicação sublingual. Quem vai seguir a dieta pode optar pela forma mais interessante. Mas atenção: o hormônio HCG não é comercializado sem receitas! Se você está pensando em seguir essa dieta, procure acompanhamento médico, pois só assim ela poderá funcionar de fato.

Dieta do HCG

Veja como perder peso com a Dieta do HCG

As Fases da Dieta do HCG

A Dieta do HCG é dividida em 4 fases que devem ser seguidas rigorosamente pela pessoa que quer perder peso. A média de emagrecimento com o cardápio restritivo é de 6 a 10 quilos, mas isso vai depender do seu organismo e do modo como o metabolismo reage à ação do hormônio.

Fase 1: Carregamento

A primeira fase tem duração de 2 dias e serve para acumular energia. Nesses primeiros dias a pessoa deve começar a fazer uso do hormônio HCG, mas pode comer bastante. O ideal é ingerir até 3.000 calorias com alimentos ricos em gorduras, mas, de preferência, com baixo índice e carboidratos. Também é importante evitar o consumo excessivo de açúcar, apesar do cardápio quase liberado.

No primeiro dia da dieta, é importante se pesar logo pela manhã com a bexiga vazia e também anotar as principais medidas do seu corpo: cintura, quadril, braço e coxa. Assim você terá a referência de quanto peso está perdendo com a dieta. A dica é sempre usar a mesma balança, para evitar variações por causa do equipamento, e vestir a mesma roupa antes de se pesar.

Fase 2: Dieta de 500 calorias

Essa fase dura 16 ou 38 dias, dependendo da quantidade de quilos que você precisa perder. O médico responsável pela dieta poderá indicar o período mais adequado para o seu corpo e para as suas condições de saúde. Por ser um cardápio muito restritivo, é fundamental seguir as orientações do especialista e nunca ultrapassar a quantidade de dias indicada por ele.

Durante essa fase você continua fazendo aplicando ou ingerindo o HCG diariamente. Além disso, é preciso seguir o cardápio:

  • Café da manhã: 1 copo de água com 1 limão espremido + 1 maçã vermelha ou 6 morangos;
  • Almoço: 1 bife (100 gramas) de peixe, frango ou vaca + 1 porção (100 g) de vegetais (brócolis, couve-flor, aspargos, espinafre, repolho ou chicória);
  • Lanche da tarde: 2 maçãs;
  • Jantar: igual ao almoço.

O lanche da tarde pode ser dividido em duas porções. No decorrer do dia, você também poderá tomar chás e café adoçado com stévia. Para temperar os alimentos do almoço, use pimenta do reino, flor de sal, cebola e limão. A indicação é de 4 litros de água por dia.

Dieta HCG

É fundamental seguir o cardápio para perder peso com a dieta

Fase 3: Transição

A transição é o momento  de deixar de tomar o hormônio HCG para que o organismo comece a se acostumar. Essa fase dura 3 dias e, durante ela, você continuará seguindo o cardápio de 500 calorias mencionados acima. No decorrer desse período, você eliminará todo o HCG que acumulou por meio da urina.

Fase 4: Estabilização

A estabilização serve para a manutenção do peso, ou seja, para que você não volte a engordar. Aos poucos, você voltará a ingerir mais calorias, porém sem consumir açúcares, amidos e adoçantes artificiais. Mantenha a pesagem frequente para observar com o corpo está reagindo a esse novo cardápio, sempre controlando para que você não ganhe peso.

Por Mila Silva nas categorias Dietas. Tags: , , , ,

Você vai gostar

Tapioca engorda? Tem glúten? Descubra e veja a receita

Dieta da Proteína

Cardápio da Dieta da Proteína