Dieta Cetogênica: Cardápio com alimentos permitidos e proibidos

A Dieta Cetogênica vem sendo usada por muitas pessoas, principalmente pelos adeptos das atividades físicas, como a musculação. Veja como funciona e aprenda a montar um cardápio.

Dietas

As dietas chamadas de low carb, ou seja, com baixa ingestão de carboidratos, estão na moda, pois prometem a queima de calorias de forma mais rápida. Isso acontece porque enquanto estamos ingerindo carboidratos, o organismo fará a queima dessa substância antes das gorduras e proteínas, por ser mais fácil. Mas a quebra de carboidratos gera açúcar, que acaba sendo acumulado no organismo.

Quando restringimos o consumo dessa substância, o organismo queimará mais gorduras e proteínas, o que significa perda de peso e ganho de massa muscular. Exemplos de dietas low carb são a Dieta Dukan e Dieta do Dr. Atkins. Mas revirando o nosso blog, você encontrará outras dietas desse tipo.

A Dieta Cetogênica

Hoje falaremos de outra dieta dessa mesma linha. O nome Dieta Cetogênica vem da palavra cetose, que é um estágio onde o corpo começa a queimar a gordura que utiliza como fonte de energia no lugar do açúcar. Por isso, as chamadas “gorduras boas” estão bastante presentes nesta dieta. Está liberado o consumo de óleo de coco, abacate e oleaginosas. As proteínas também estão presentes no cardápio, sendo representadas pelas carnes de boi, porco, frango e peixes, e também o ovo.

Alimentos Proibidos

Na Dieta Cetogênica, cortamos todos os tipos de carboidratos da alimentação, por isso, durante o período em que seguir a dieta, você deverá cortar do seu cardápio os seguintes alimentos:

  • Arroz branco;
  • Açúcar branco e doces em geral;
  • Batata;
  • Pão francês;
  • Macarrão e massas em geral;
  • Bolacha de maisena;
  • Mel;
  • Refrigerantes em geral.

Alimentos Permitidos

Durante a Dieta Cetogênica você pode e deve consumir:

  • Carnes;
  • Bacon e Salsicha;
  • Abacate;
  • Macadâmia;
  • Manteiga;
  • Salmão;
  • Atum;
  • Sardinha;
  • Óleo de Coco;
  • Azeite de Oliva;
  • Manteiga e Amendoim;
  • Ovos (melhor com a gema);
  • Nozes;
  • Castanhas;
  • Brócolis;
  • Aspargo;
  • Couve flor;
  • Pepino;
  • Alho;
  • Cebola;
  • Pimentão;
  • Espinafre;
  • Tomate;
  • Abobrinha.

Carnes e gorduras boas são alimentos permitidos na Dieta Cetogênica

Hipertrofia

A Dieta Cetogênica facilita a hipertrofia dos músculos, que é o aumento da massa muscular através da dilatação dos mesmos. No mesmo momento em que ela elimina as gorduras, faz com que os músculos se alonguem, por isso esta dieta vem sendo muito usada por pessoas que praticam a musculação.

A Importância dos Carboidratos

Especialistas afirmam que os carboidratos são muito importantes para a saúde, por isso não devem ser totalmente eliminados da alimentação. Por isso, o ideal é que essas dietas com restrição total de carboidratos sejam feitas por no máximo duas semanas, e depois volte a comer de forma moderada.

Os carboidratos são responsáveis por fornecer energia para o corpo, têm função estrutural no organismo, equilibra os níveis de glicose e produz a serotonina, que é o hormônio do bom humor.

Por isso, antes de iniciar qualquer dieta, procure um médico ou nutricionista para se informar melhor e saber se esta dieta é realmente indicada para você.

Contraindicações

A dieta cetogênica é contraindicada para pessoas com mais de 65 anos, ou com histórico de problemas como insuficiência hepática ou renal, doenças cardiovasculares, AVC e pacientes em tratamento com medicamentos a base de cortisona.

Cardápio da Dieta Cetogênica

Agora que você já sabe o que é e como funciona esta dieta, veja uma opção de cardápio para seguir durante três dias:

Dia 1

  • Café da manhã: 2 ovos mexidos com manteiga + 1 fatia de queijo minas + 1 fatia de mamão;
  • Lanche da manhã: gelatina sem açúcar + 3 castanhas;
  • Almoço/Jantar: 2 bifes de carne ao molho de queijo com alface e repolho roxo temperado com azeite + 1 laranja;
  • Lanche: 1 iogurte sem açúcar + 1 colher de sopa de farinha de linhaça + 2 enroladinhos de queijo e presunto.

Dia 2

  • Café da manhã: 1 banana amassada com 1 colher de sopa de semente de girassol + 2 fatias de queijo assado com presunto;
  • Lanche da manhã: 1 iogurte sem açúcar + 5 nozes;
  • Almoço/Jantar: salmão grelhado ao molho de mostarda + salada verde de rúcula, tomate, pepino e cebola roxa + 1 colher de sopa de azeite + vinagre, orégano e sal para temperar;
  • Lanche da tarde: morango com creme de leite.

Dia 3

  • Café da manhã: 1 ovo cozido + 2 fatias de queijo fresco com sementes de gergelim;
  • Lanche da manhã: 1 iogurte sem açúcar + 3 colheres de abacate;
  • Almoço: frango ao molho branco com creme de leite + salada de couve manteiga com cebola refogada com azeite ou óleo de coco + 1 maçã;
  • Lanche da tarde: queijo mascarpone + frutos vermelhos, como cereja, morango e framboesa.

Depois de seguir o cardápio por três dias você pode repetir, ou ir trocando os alimentos de acordo com o tipo. Mas é importante que não se passe mais de 14 dias fazendo a dieta, a não ser que seja recomendação de um médico ou nutricionista.

Por Fabiana nas categorias Dietas. Tags: , , , , , ,

Você vai gostar

Dieta da USP

Dieta para perder barriga

Coxa de Frango Para Dieta Low Carb