Aprenda a Evitar o Efeito Sanfona com a Dieta Decrescente-Crescente

Essa Dieta promete perda de até 9 kg em um mês e o fim do efeito sanfona, pois o método de diminuir a quantidade de calorias e depois aumentar gradualmente faz com que o metabolismo basal funcione a seu favor.

Dietas

É sabido que emagrecer não é tão difícil quanto manter-se magro. Várias dietas prometem e cumprem o emagrecimento rápido, mas a maioria, por ser muito restritiva não tem como ser seguida por um longo período, e engordar novamente é quase sempre o destino de quem faz dieta.

Para acabar com o efeito sanfona a dica é seguir a Dieta Decrescente-Crescente (DC), criada pela médica ortomolecular Liliane Oppermann.

Como Funciona

A Dieta trabalha a perda gradual de peso, baseado no metabolismo basal, fazendo com que a pessoa mantenha o peso e evite o temido efeito sanfona.

Antes e Depois - Efeito Sanfona

Antes e Depois – Efeito Sanfona

Para ativar o metabolismo a dica é alimentar-se mais vezes por dia, ao menos cinco vezes. Durante a primeira semana, a quantidade de calorias a ser ingerida é de 1500 por dia, e a prática de exercícios físicos deve seguir o limite de 20 minutos.

Na segunda semana a quantidade de calorias diminui, para 1300 e o tempo gasto em atividade física aumenta em dez minutos, chegando a 30 minutos por dia.

Na terceira semana, as calorias caem para 1100 calorias e os exercícios físicos passam para 40 minutos por dia.

Após o período Decrescente, a dieta volta para a fase Crescente a cada semana. E a quantidade de calorias vai aumentando novamente, para 1300 calorias, na quarta semana e 1500 calorias nas semanas seguintes. E o tempo de prática esportiva aumenta também, para 50 minutos e uma hora respectivamente.

A ideia é estabilizar nesta fase de 1500 calorias para uma hora na academia. Com o metabolismo funcionando adequadamente o efeito emagrece-engorda acaba e a manutenção do peso é bem mais fácil.

Como Montar o Cardápio

A contagem de calorias não é a única preocupação desta dieta. É importante aliar uma alimentação balanceada, onde todos os nutrientes estejam contemplados no cardápio, visando tanto a boa forma quanto a saúde.

O café da manhã pode ser composto de um shake de iogurte desnatado ou um suco verde. Para o lanche da manhã a recomendação é consumir castanhas, ou outras frutas oleaginosas, que são capazes de combater os radicais livres.

No almoço deve constar todos os tipos de alimentos, inclusive os carboidratos. As saladas, legumes e as carnes magras, de preferência, grelhados também devem estar presentes nas refeições, respeitando a quantidade de calorias permitida naquela semana.

O jantar, após o prato de salada verde, é indicado tomar uma sopa emagrecedora, porém nutritiva.

Os alimentos proibidos são os vilões de quaisquer outras dietas que são os doces e frituras, refrigerantes e álcool.

Já os que estão liberados à qualquer momento são as frutas que contém muita água e fibra, além de beber água durante todo o dia.

Por Receitas e Dietas nas categorias Dietas. Tags: , , ,

Você vai gostar

Dieta das 3 Maçãs por Dia

O Livro da Dieta de South Beach: Como funciona

Cardápio da dieta para perder barriga