Vigorexia: Até Onde a Busca do Corpo Forte é Normal

Aquele rapaz da academia que está com o peitoral imenso pode estar sofrendo de uma doença chamada Vigorexia. O distúrbio que faz com que as pessoas queiram estar cada vez mais fortes.

Beleza e Fitness

Basta abrir a sua timeline para ver a quantidade de pessoas se exibindo em frente aos espelhos das academias. A ideia de ter um corpo perfeito pode ser sinal de uma doença pouco conhecida, chamada vigorexia.

O termo anorexia já é bastante conhecido da população, e basicamente é um distúrbio onde a pessoa se enxerga maior, ou mais gorda do que realmente é, e começa um processo de emagrecimento exagerado para atingir o peso que se considera ideal. A anorexia atinge na maioria das vezes meninas, que chegam a morrer de desnutrição.

A vigorexia seria basicamente o oposto da anorexia. A vontade de aumentar de tamanho, de ter mais e mais músculos também pode chegar ao ponto de se transformar em doença.

A disformia muscular faz com que as pessoas desejem ter um corpo que para eles é perfeito mas que na realidade, não condiz com a pessoa.

Ao contrário da anorexia, a vigorexia atinge mais homens que mulheres, e acredita-se que no Reino Unido um em cada dez dos frequentadores de academias são portadores da doença.

O quadro leva à ansiedade, à baixa estima, depressão e em casos extremos pode levar ao suicídio. O uso de anabolizantes e afins para aumentar a massa muscular também é uma característica de quem sofre com a disformia muscular.

A disformia muscular, esta mania em malhar é diagnosticado quando a pessoa perde o controle e começa a ficar insatisfeito com o corpo, embora já tenha atingido metas anteriormente estabelecidas.

As pessoas param de ter atividades sociais, de frequentar eventos familiares, não comem mais nada que não esteja na dieta, afetando enormemente seu convívio social.

Uma das causas da aparente mania em malhar é provavelmente algum tipo de abuso sofrido, como algum bullying, que deixou a pessoa insegura.

A maioria das pessoas relatam que desejam ter corpos como os que vem em revistas, esquecendo-se que a maioria das imagens estão manipuladas e que aquilo nem sempre é real.

Essa fixação em ter um corpo exageradamente forte deve ser tratada, pois além do uso de anabolizantes, o mal psicológico é muito grande. O ideal é procurar ajuda de um psicólogo ou um psiquiatra.

De Bela à Fera

Gracyanne Barbosa Centauro

Gracyanne Barbosa sendo comparada a um Centauro pela internet

No Brasil não é diferente, e é muito comum ver pessoas famosas e as chamadas subcelebridades se exibindo em suas redes sociais, como Instagram e Facebook com corpos cada vez mais fortes e maiores. Em alguns casos os elogios começam a se transformar em críticas e principalmente mulheres que antes tinham corpos femininos, começam a apresentar físicos extremamente musculosos, sem se darem conta de que aquilo de fato não está mais bonito, e em alguns casos, chegam a ficar bizarros.

O diagnostico de vigorexia não existe, ao que sabemos, para estas pessoas, mas seus corpos tem se tornado totalmente fora dos padrões estéticos. E fica claro que músculos, veias saltadas, cintura fina e barriga chapada, definitivamente não são sinônimos de beleza.

Um das modelos mais criticadas é a ex dançarina Gracyanne Barbosa, esposa do cantor Belo, que tem um corpo musculoso e que foge do biotipo feminino. Outras modelos, como Mayra Cardi, ex BBB, já teve seu corpo comparado à um Centauro. Um exemplo masculino, tem sido o filho do empresário Eike Batista, Thor Batista, que tem apresentado braços imensos, sendo motivo de chacota ao ser comparado com o desenho animado Hulk.

Por Vânia nas categorias Beleza e Fitness. Tags: ,

Você vai gostar

Perca Peso Após as Comilanças do Fim de Ano!

Conheça 5 Alimentos para uma Pele Bonita

Balança ou Fita Métrica: Perder Medidas Pode Ser Melhor Que Perder Peso